quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Estudando o Brasil

 Oi!

Às vezes, quando assisto um filme ou escuto um relato sobre o comportamento peculiar de alguém, consigo perceber algumas características em comum com a minha neurodiversidade.

Por insistência do meu irmão, estou lendo 1808 do Laurentino Gomes e observado um pouco o comportamento de Dom João VI. Para muitos ele era um medroso, para mim: muito audacioso, corajoso e com visão de futuro. Talvez um autista, penso o mesmo de Luís XVI e Dom Pedro II. Ou talvez a síndrome metabólica o tenha deixado lento, corpo mole... às vezes me sinto assim, pois não posso com açúcar e, recentemente, tenho evitado frutose em grandes quantidades também (me altera muito – “low carb” tem me ajudado).

Tem uma coisa que me chamava atenção quando estudante na escola de Ensino Fundamental: “Por que Dom Pedro II foi derrubado sendo um governante tão fiel, dedicado e cristão?”

Os professores nunca conseguiram me responder de forma satisfatória, e sempre ligavam a alguma conspiração maçônica ou inglesa e até norte-americana.

Mas por causa do processo contra a UFMG e pela minha recente não convocação a vaga em um curso, eu fui estudar as origens dessa loucura que tem acontecido. Se alguém não usufrui de seu direito, é porque outro tomou a oportunidade dele. Eu quero saber quem é esse “outro” ser com muitos privilégios.

E comecei desde o tempo das Cruzadas... até o segundo reinado no Brasil.

Mas a resposta que está aparecendo para “o outro” está me doendo os olhos... ai... é a Igreja Católica Apostólica Romana. "Dai a César o que é de César..." (Mateus 22:21) César é a Igreja, entendeu?!

Alguém poderia fazer a Cisma Latina para criar a Igreja Católica Apostólica do Brasil?

Estou com receio de ir para o depois do segundo reinado e ter certeza absoluta do que desconfio. Argh!

E agora José?


Buááááááááá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário