terça-feira, 30 de abril de 2019

Feminismo de internet


Olá!
Sempre achei que o feminismo fosse a versão feminina do machismo.
Machismo é uma série de comportamentos considerados atrasados, mesquinhos e preconceituosos que, de certa forma, trouxeram e trazem inúmeros prejuízos para a sociedade.
E pensar em ser uma versão feminina disso me incomodava muito.
A propaganda que se tem em defesa do feminismo mostrava justamente isso.
Com o passar dos anos, aprendi que o verdadeiro feminismo quer combater essas ideias errôneas a respeito da presença feminina como um todo, e não somente quando acontece assassinatos ou espancamentos.
O verdadeiro feminismo está além do ato de mostrar os seios nas ruas, de ter axilas peludas, de usar roupas curtas ou de declarar – aos quatro cantos do mundo – atos sexuais com diversos parceiros.
Vejo campanhas virtuais nas redes sociais de pessoas que não respeitam o próximo e se declaram feminista porque a frase do momento é dizer:
Paraíba está à disposição dos turistas. A mulher paraibana, não. Diga não à apologia ao turismo sexual”.
Eu vendo - mas não querendo ver - nas redes sociais:


Meu Deus!!!! Essa mulher fazendo campanha feminista? Essa nojenta fez uma amiga chorar de tanto debochar da presença dela (bullying). Ahhhhh! Asquerosa! Eca!!!”


Ninguém merece. Argh!
Tchau,
Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário