quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Qual é o seu sonho?


Olá,

Sempre quando posso assisto filmes educativos. Estou aprendendo muito sobre inclusão social com filmes e documentários. Também recomendo O Oitavo Dia e De onde vem a esperança. Ainda não tive oportunidade de ver Colegas.

E esses dias pude assisti ao “Asperger’s are us”: documentário que mostra um grupo de jovens comediantes com autismo leve (Síndrome de Asperger).


Mas o filme me fez lembra o início das minhas sessões com a psicóloga. Faz mais de 15 anos isso... uhhhh.... ficando velha.

Minha família sempre reclamava muito dos meus comportamentos: não dialogava muito, ficava muito no quarto sozinha, sempre fazendo as mesmas coisas,... às vezes, ficava magoada por causa das comparações. 

Bem, comecei a terapia... depois de um tempo eles acharam que algumas coisas eu havia melhorado. Mas eu achava a psicóloga estranha... só agora consigo entender o que estava acontecendo.

Uma das coisas que ela me perguntava muito era: “Qual é o seu sonho?” 

E eu expliquei para ela que gostava muito de sonho recheado com doce de leite.  E ela sempre me olhava com uma cara esquisita, e eu ficava pensando se ela me odiava ou era doida.

Uma vez ela me fez essa pergunta várias vezes consecutivas, quase que chorei, porque simplesmente não sabia responder a pergunta.

E ficava pensando que talvez não era tão esperta ou ágil como as outras moças, porque era filha de gente pobre. 

Hoje eu acho cômico a resposta: "sonho recheado com doce de leite". 

Não sei os outros tipos de inclusão social, mas os "normais" tem expressões prontas - parecem até jargões - para as coisas que eles fazem ou acreditam. Alguns os apelidam de NT (neurotípicos) ou TNT... 💥... por causa do explosivo. Eu só penso assim, quando me sinto agredida ou constrangida. 

Hoje a minha família tem uma dificuldade parecida com meu irmão caçula. Depois conto mais sobre ele. 

Tchau,

Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário