sábado, 6 de outubro de 2018

Eleições e conversa em família

Olá,

Hoje estive conversando com a minha família e perguntei sobre as eleições.

Meu pai acha que as pessoas devem votar em quem elas quiserem, mas fomos conversando e percebemos o crescimento da popularidade da família Bolsonaro

Tanto eu quanto meus familiares acreditamos que o Bolsonaro é "exótico" diante dos outros candidatos que têm um discurso mais "normal" ou até "desgastado". E as pessoas estão um pouco cansadas de notícias de corrupção que é divulgada todos os dias. 

"... me lembrou uma outra época quando as pessoas estavam cansadas da inflação e altas taxas de desemprego e o Fernando Collor foi eleito. Mas desejo que o futuro presidente  2019 consiga fazer coisas boas." Assim meu pai terminou a conversa entre nós.  

Fiquei pensando nas aulas de filosofia sobre Hegel - a formação da consciência humana. Talvez nós só não possuímos tanta consciência ainda. Talvez modelos antiquados funcionem melhor, porque a maioria seja muito antiquada ainda.

A moda política atual prega esse militarismo. No Youtube, eu vi essa reportagem falando da excelência do ensino militar e fiquei pensando nas pessoas que ali conseguem estudar: maioria com bom padrão de vida e ainda sim usufruem de cotas para entrar nas universidades públicas e não tem obrigatoriedade do trabalho. E os das escolas particulares seguem o mesmo padrão. São  geniais e inventores ou só bem estruturados?


Boas eleições,

Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário