sexta-feira, 20 de julho de 2018

Imagem

Olá,

É um pouco estranho estar próximo dos 40 anos, descobrir-se mais autista que normal e com altas habilidades.

Acredito que a maioria que chega nessa faixa etária está casada e com filhos. E eu pensando em fazer outro curso superior. 

E as meninas brincavam com bonecas e eu com dominó. Parece que eu pulei uma fase da vida e isso me deixou "fora da regra". 

Eu acho estranho uma pessoa defender a bandeira de algo que ela nunca participou. 

Nas redes sociais vejo vários colegas defendendo as tradições familiares, partidos de direita, "sou para casar", etc. A maioria agora mostra fotos de casamentos e filhos, mas no passado tinham uma vida promíscua. O que é aquilo? Eu não entendo. 😕

Quando se fala de promiscuidade, só se lembra da imagem da moça pobre e escura da periferia. Mas não é sempre assim.

E nesse continuidade eles se tornam pais e aprendem a respeitar mais. E nesse momento você não pode falar nada com eles, porque eles são pais. Os normais são diferentes, não são? 

Já pensou em se tornar mãe para ter mais respeito pelo próximo? Classe média e alta são estranhos.

Tchau,

Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário