segunda-feira, 30 de julho de 2018

Quem não gostaria de ser bela? - parte 2

Olá,

Eu já contei que já fiz e faço procedimentos estéticos. 
Nossa! Fico imaginando se eu ganhasse na Mega Sena quantas procedimentos desse gênero poderia fazer. 

Ainda não aderi aos tratamentos "invasivos" - cirurgias, implantes, lipoaspiração ou aplicação de Botox - porque são caros. Desses métodos, o Botox eu tenho muita vontade... na testa. 

Mas fiquei pensando com tantos clínicas de estética e consultórios particulares que até parcelam no cartão de crédito esses procedimentos, porque algumas pessoas insistem em pagar à vista e em lugares "estranhos"?

Um clínica com médico responsável e regularizada, pode liberar o pagamento no cartão de crédito com bandeiras famosas: Visa, Mastercard ou American Express. E para ter direito a essas bandeiras em um cartão, o cliente precisa autorizar e confirmar dados para os Bancos, além de ter uma conta corrente e/ou poupança com eles. 

Se você tem uma conta em algum Banco, deverá comprovar a origem do dinheiro que aparece na sua conta. O problema é que nem todos conseguem o seu dinheiro de forma legalizada. A maioria das vezes, a origem ilícita dessa renda pode gerar até prisão.

Eu só acho que estão fazendo muito escândalo com o que foi "ilegal" e não mostram de forma mais visível o que realmente está gerando esse problema "estético".

Não achei nenhum vídeo falando sobre a origem ilegal desse dinheiro usando em tratamentos estéticos clandestinos, mas a entrevista da Andressa Urach dá "uma noção":


Tchau,

Carla

domingo, 29 de julho de 2018

Quem não gostaria de ser bela?


 Olá,

Assim como muitas mulheres, eu sou muito vaidosa. Sempre reconheci meus defeitos físicos e alguns até aprendi a gostar. Meus ombros ossudos! 

Com o passar dos anos, esses defeitos aumentam e dá aquela vontade de ganhar na Mega Sena para “consertar” tudo. Também obedecemos às leis da Física. Eu não gosto da Física - eu tenho apagão na hora da prova desta horrível disciplina -, mas ela está em todos os lugares que você possa imaginar.

Olha como eu era quando mais
jovem. Foto site Vírgula
Eu já aderi a um procedimento: depilação a laser. Aos poucos (e dividindo no cartão de crédito) estou pagando algumas regiões do corpo para ficar “careca”. Vivia com pelo encravado e cravos... melhorou bastante.

Lembro que na época que pude fazer o tratamento, tinha várias promoções saindo no jornal, mas decidi procurar uma clínica com médica responsável. Ficou mais caro (de qualquer forma não é barato), mas escutava histórias de pessoas que haviam se queimado e de inchaços anormais... fiquei muito receosa.

Nessa clínica tem vários tratamentos estéticos: retirada de mancha, limpeza de pele, rejuvenescimento facial, etc. Se pudesse faria vários tratamentos. O que me impede? Tenho pouco dinheiro para muitas dívidas. Eu fico me controlando no gasto do cartão de crédito, pois não ganho um salário relevante.

Ultimamente os jornais tem falado muito dos procedimentos estéticos “invasivos” que não foram bem-sucedidos. Acho que o caso do Dr. Bumbum foi o que mais deu repercussão. E eu entendo as mulheres que se submetem a esses tratamentos. Quem não gostaria de ser um pouco mais bonita?


Exceto a propaganda do cigarro, a maioria não foi feita para mostra os possíveis danos que você poderá ter com uma intervenção estética. E pelo o que fiquei sabendo, as clientes – agora muito doentes ou mortas – receberam indicação de alguém que havia dado tudo certo, mesmo dentro de um salão de beleza ou apartamento de luxo. No fundo, também rola aquela coisa, né?! “Deu certo com minha amiga, porque daria errado comigo?”

O canal no Youtube do Dr Rey, brasileiro e médico nos EUA, tem várias dicas sobre cirurgia plástica. A cantora e dançarina Kelly Key também tem um especial sobre plástica.



Admito que superbumbum e seios ultravolumosos não fazem parte dos meus sonhos tipo Anitta/ eu não tenho tanto bumbum, mas me identifiquei com a celulite que está na mesma proporção:

...mas o corpo da Alicia Vikander no Tom Raider está magnífico - deve fazer bronzeamento artificial para ficar com aquele tom de pele. Assistam. Morri de inveja.


Se eu fizer uma lista dos procedimentos que gostaria de fazer no corpo... ia dar um livro: clareia aqui, subir um pouco ali, tira mancha acolá,... 😜

Tchau,

Carla

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Redação ENEM 2017


Olá,

Como havia prometido essa é a minha redação do ENEM 2017 (sem correção e sem o espaçamento das primeiras linhas, não tem essa opção na plataforma Blogger). 

O tema era "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil" - clique no link do site G1 para mais informações. Como eu não havia feito um cursinho preparatório, não ficou tão boa – dentro dos padrões requisitados - para receber pelo menos uns 900.

Mas promessa é promessa, eis aqui minha redação: 

Surdo é quem não pratica a Libras

Atualmente, vive-se períodos de grande inclusão social. Mas essa inclusão, muitas vezes, não é igualitária e só fica restrita às leis e não a aplicabilidade diária.

De acordo com a ONU e a Constituição, a educação deve abranger a todos dentro de seus limites. Exemplo disso, tem sido a Prefeitura de Belo Horizonte liberar professores do ambiente escolar para o hospitalar com a finalidade de cumprir a lei e não excluir uma criança em fase de aprendizado no momento de um tratamento médico, como o câncer.

Mas a educação no Brasil nem sempre foi inclusiva. Consequentemente, com as leis de inclusão, muitas escolas reclamam da falta de investimentos em infraestrutura e pessoal qualificado para atender essa clientela. Ademais, os surdos são exemplos reais dessa clientela, pois utilizam outra língua, a Libras, em que tanto eles, quanto familiares e profissionais que os auxiliam, devem ter domínio para melhor inclusão desse estudante. Como resultado de aplicação da lei sem infraestrutura, há relatos de bullying e preconceitos por partes de pessoas consideradas “normais”.

Diante do exposto, infere-se a necessidade da inclusão de surdos na sociedade como um todo. Logo, caberia aos Ministérios da Educação e Ministério do Trabalho, em parcerias com ONG’s e SINE, a ampliação e profissionais que auxiliam a pessoa com surdez. Além disso, palestras e dinâmicas seriam fornecidas, com presença obrigatória para trabalhadores, visando aumentar o respeito ao próximo e inclusão. Com tais medidas, o Brasil erradicará o preconceito e será mais justo para todos.

Titio Rômulo ia querer me matar com o "Diante do exposto"! 😁

Minha nota: 800! Na época não sabia que era somente um agente social (GOMIFES) 😂😂😂 coloquei 4! Sem comentários. 

Eu nunca fui boa na Língua Portuguesa, praticamente nem estudo essa disciplina. O jeito que arrumei foi ler e escrever. É uma forma de obrigar melhorar a escrita da língua. 😜

A dica é treinar a redação para aprimorar e no momento da prova consegui uma boa nota. 

Tchau,

Carla 

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Particular ou pública?

Olá,

Eu sempre estranhei o fato de muitas pessoas das escolas privadas tradicionais exibirem, com muito orgulho, os nomes dos alunos aprovados em universidades públicas.

Algumas escolas privadas têm valores de mensalidade bem próximo a de um curso superior. Teoricamente eles deveriam ter orgulho de poderem continuar na particular.

Mas as coisas não funcionam assim. Praticamente todas as vagas em cursos técnicos e universidades públicas eram tomadas por alunos da rede particular... e que tinham pensamento político muito liberal. E, consequentemente, conseguiam aprovações em concursos públicos de melhores remunerações ou cargos de liderança por indicação.

Esses, a gente - eu e algumas poucas amigas - nem podíamos chegar perto. Eles mordiam ou olhavam de cima para baixo com muito desprezo. 

Não sei se seria melhor continuar pública e de pouco acesso ou particular e de pouco acesso. De qualquer forma, a minha grande muralha tem sido a prova. Eu só não entendo porque pessoas tão liberais entram em colégios técnicos ou universidades públicas!

Leia essa reportagem um trecho da reportagem com Eduardo Bolsonaro

Entre as pautas, Eduardo Bolsonaro, que é candidato à reeleição, considera que o número de empresas estatais precisa ser reduzido. "Hoje, são mais de 150 estatais, que só servem para barganha política", dispara. "Algumas podem ser mantidas, mas outras não há essa necessidade. E há ainda os casos em que parte dos serviços pode ser privatizado", avalia.

Um dos pontos defendidos para o estado mínimo é a privatização da educação básica e superior. "Entendemos que o Estado deve ser mínimo, garantindo a segurança do País, e a saúde. Na educação, é possível ser privada, e quem não reunir condições financeiras para pagar, receberia uma bolsa do governo, para escolher a escola ou universidade privada que entender ser melhor. O que a iniciativa privada faz apresenta resultados mais positivos, então defendemos esse modelo", completa.

Isso eu concordo com ele: "Hoje, são mais de 150 estatais, que só servem para barganha política"

Tchau,

Carla

domingo, 22 de julho de 2018

Mapas mentais e material de apoio

Olá,

Eu ainda continuo estudando para o ENEM. Por causa disso, acabo ficando muito ansiosa e irritada, porque várias coisas passam pela minha cabeça quando sinto que não estou me saindo bem. 

Mas a vida continua e estou tentando controlar isso.

Ano passado estudei sozinho por meio de leitura de livros do Ensino Médio. Mas não foi o suficiente para tirar uma boa nota (consegui 709), então esse ano optei por fazer um cursinho preparatório online (Proenem) e mapas mentais, além de muito exercícios.

A ideia do mapa mental é fazer um resumo através de palavra-chave ou desenhos que relembrem a matéria estudada, sem muitas palavras. Estes vídeos que pesquisei no Youtube dão dicas de como fazer um mapa mental:




Mas nem sempre eu consigo fazer desenhos ou colocar poucas palavras, pois algumas disciplinas eu não tenho tanto domínio, como Filosofia, Sociologia e  Artes. Eu não tive essas disciplinas no Ensino Médio, isso foi um problema resquício do período militar. E os governantes que vieram depois ficaram mais preocupados em tirar o Brasil da crise e diminuir a inflação, do que investir em melhorias na educação. (Atualização 14 de agosto de 2019: Desculpa por essa opinião. Fui educada na escola pública em que me ensinaram que o ensino militar acabou com tudo. Hoje tenho as minhas dúvidas quanto a isso.) Enfim, isso me prejudica bastante, pois não é uma revisão de algo que já aprendi, mas sim de algo que estou aprendendo agora. Então, os meus mapas mentais dessas disciplinas ficam maiores, com mais escrita do que o normal.


Eu vejo várias Youtubers usando canetas e marcadores da marca STABILO para fazer os mapas mentais. Se você usa lápis de colorir, canetas ou até lápis grafite, fica a seu critério. Tudo depende do quanto você tem de dinheiro para investir em materiais.


Eu tenho algumas canetas escrita fina da STABILO, mas acho tudo caro. Eu uso:


- canetas hidrográficas Abelhinhas - 12 unidades - ACRILEX

- canetas escrita fina 0,4 mm - COMPACTOR
- lápis de colorir 24 cores - ECO MULTICOLOR (evite deixar o lápis cair, porque quebra por dentro).
- KIT 4 cores de marca texto - FABER CASTELL
- canetas em gel glitter - só vem escrito MADE IN CHINA 
- adaptador de escrita triangular - FISIOVITAL
- lapiseira com grafite 0,5 2B - FABER CASTELL
- corretivo líquido ou fita (melhor opção) - CIS
- cola bastão - Leo & Leo (eu ganhei)
- borracha - testei 3 marcas.

Eu sempre procuro usar os produtos mais baratos, mas tenho dificuldade de segurar lápis e canetas normais por terem o cabo muito fino, então eu uso adaptador de escrita para ajudar. Comprei um kit com 3 adaptadores de borracha da FISIOVITAL no site da SUBMARINO

Visitei várias lojas em Belo Horizonte para montar o meu kit para mapa mental: LEITURA, SARAIVA, KALUNGA, AMERICANAS, supermercados e papelarias de bairro - evite pagar frete-. As marcas da lista foram os mais baratos que encontrei nesses lugares. Eu gosto de escrita macia para lápis e caneta, por isso uso caneta microline da COMPACTOR, mas fica a seu critério. 

Caso ainda ache caro, as canetas esferográfica Kilometrica da PAPER MATE e a Trilux Medium da FABER CASTELL são baratas e um pouco mais macia que as canetas convencionais. A caneta GripRoller da BIC é boa também, mas marca o outro lado do papel. Estudante escreve muito, e ainda vai usar caneta dura....  argh! 😟 Um pouco de conforto é bom! 

Eu usava uma borracha que dava muita sujeira, mas me falaram que a 
borracha preta daria menos. Comprei em uma papelaria de bairro da MERCUR 
(não informa os ingredientes, mas tem um cheiro que não sei identificar)mas
ainda achava que dava muita sujeira. Quando fui na Kalunga do 
Shopping Boulevardachei essa borracha da PENTEL (ingredientes: PVC e papel reciclado) 
que é de uso profissional e alega produzir pouca sujeita. Passeando mais no Shopping, 
fui na Livraria Leitura e vi essa borracha ecológica da TRIDENT 
(fabricadas em SOFT HI-POLYMER, polímero de alta densidade, muito macio e 
menos abrasivo que os usados nas borrachas convencionais/sem PVC
Desculpa, não achei os ingredientes da borracha Trident e
 coloquei as informações da PENTEL. Confusão. 😁 

Músicas de amor e corações apaixonados 💝 com 
lapiseira grafite 0,5 2B para apagar: 
Nando Reis, Legião Urbana e Cidade Negra.
  
As letras de amor apagadas e a sujeira de cada borracha.
A borracha PENTEL é a campeão, mas fiquei feliz
com a TRIDENT.

O Kit Marca Texto 4 cores da FABER CASTELL
(comprei por R$8,00 por Kit) X Marca texto da STABILO 
verde matte (R$6,00 por unidade) - valores 2018

Eu uso muita folha de rascunho do meu trabalho, mas caso não tenha essa opção é legal usar folhas recicladas (em papelarias tem caderno com folhas de papel reciclado,  folhas de fichário com papel reciclado e até o próprio papel reciclado em pacotes 100 ou 500 folhas de tamanho A4 para comprar). Se a condição não permitir, vá de caderno Turma da Jandainha mesmo. O mais importe é poder estudar! Aliás, estudar é PODER!

Ainda fico incomodada pelo ENEM não permitir uso de lápis e borracha... ajudaria bastante, eu errei uma questão ao transcrever para o gabarito ... questão fácil ... muitos pontos perdidos... argh mas alegam que por qualquer pretexto os "branco drama" ficam processando e os juízes aceitam 😡! 

Estou devendo colocar minha redação do ano passado. Eu não me esqueci, só falta tempo. Ainda estou apanhando para produzir algo nota 1000 nas redações preparatórias do Proenem, mas as dicas do Titio Romulo Bolivar ajudam: "Vá estudar entidade!". Mas o que realmente tem me ajudado, foi ler aquele Guia Do Participante - Redação do ENEM versão PDF. Pode procurar no Google ou Ecosia (tipo Google ecológico), ele contém informações sobre o que eles desejam encontrar durante a correção de uma redação do ENEM e tem a análise de redações nota 1000 do ano anterior. Muito bom para quem precisa elevar a nota!
Um mapa mental sobre Volvismo e Toyotismo.

Alguns desenhos que fiz para alguns mapas mentais.
Nem sempre os desenhos são bons. Mas são "quebra galho".

Nas aulas de história são tantas mudanças territoriais
que uso colagens para entender. O mundo é uma confusão, e as
confusões do passado rendem briga até hoje! 😱

Tchau,

Carla

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Imagem

Olá,

É um pouco estranho estar próximo dos 40 anos, descobrir-se mais autista que normal e com altas habilidades.

Acredito que a maioria que chega nessa faixa etária está casada e com filhos. E eu pensando em fazer outro curso superior. 

E as meninas brincavam com bonecas e eu com dominó. Parece que eu pulei uma fase da vida e isso me deixou "fora da regra". 

Eu acho estranho uma pessoa defender a bandeira de algo que ela nunca participou. 

Nas redes sociais vejo vários colegas defendendo as tradições familiares, partidos de direita, "sou para casar", etc. A maioria agora mostra fotos de casamentos e filhos, mas no passado tinham uma vida promíscua. O que é aquilo? Eu não entendo. 😕

Quando se fala de promiscuidade, só se lembra da imagem da moça pobre e escura da periferia. Mas não é sempre assim.

E nesse continuidade eles se tornam pais e aprendem a respeitar mais. E nesse momento você não pode falar nada com eles, porque eles são pais. Os normais são diferentes, não são? 

Já pensou em se tornar mãe para ter mais respeito pelo próximo? Classe média e alta são estranhos.

Tchau,

Carla

domingo, 15 de julho de 2018

Inscrições Fies e P-Fies começam amanhã

Olá,

Se perceber como um ser a margem da sociedade é uma coisa estranha. 

Não adianta, toda vez que vejo as palavras: ENEM, FIES, PROUNI, SISU, eu fico um pouco abalada.

Não passei no ENEM e não posso com SISU. Só sobrou FIES

Alunos de baixa renda têm que pagar. Ninguém merece isso. 

Eu só consegui entrar uma vez na universidade e durante todo tempo me esforcei muito para não ser expulsa... 😂... esse sistema me coloca para fora o tempo inteiro... 😂

Ser um ser indefinido te coloca muito a margem de tudo. É pior do que ter laudo.

Jair Bolsonaro que segue a linha da extrema direita e direita, a favor de privatizações e contra tudo ligado socialismo, tem um filho do tipo "fiel escudeiro" formado pela universidade pública. ???????? 😕 Muitos colegas que são ex-alunos da UFV são assim: querem privatizar tudo, não namoram colegas universitárias porque são vadias e formam na universidade pública, entram em cargos públicos. Juro que não entendo tantos extremos nesses seres! 

Vou parar de tentar entender o meu país!

Para quem não sabe, as inscrições para o FIES e P-FIES começam amanhã! Boa sorte a todos os geeks e nerds! 😃

Tchau,

Carla

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Educação para os que não sabem

Olá,

Só porque eu tenho uma facilidade em aprender algo, não significa que sou perfeita em tudo que faço ou que tenha habilidade em todas as áreas de conhecimento ou que não precise de ajuda.

Por exemplo, eu só aprendi a ler e escrever porque fui alfabetizada por alguém. Mesmo assim, cometo muitos erros e não me lembro das regras de acentuação e crase. Quando criança era apaixonada por dominó, achava lindo as diferentes quantidades de bolinhas pintadas em um retângulo preto, amava fazer combinação deles. 

Ou seja, mesmo com facilidades eu preciso de muita ajuda.

Estive pensando em um povo que se tornar referência para os outros, levando em consideração que ninguém nasce sabendo algo. Por que essas pessoas não cometem tanto crimes quanto nós? Por que eles são mais comportados do que nós? Por que os filhos deles são menos vítimas de abusos que os nossos? Por que a saúde lá é melhor que a nossa? Por que a segurança lá é mais eficaz que a nossa?

Muitos países se formaram pela união, não muito igual, de vários povos. Como eles conseguiram equilibrar as enormes diferenças para conseguir um progresso?

A solução é a EDUCAÇÃO. Para cortar maus comportamentos, preconceitos e ignorância; a educação é eficaz. De acordo com Aristóteles, a educação tem raízes amargas, mas seus frutos são doces. Isto é, seus doces frutos são duradouros e perpetuam por toda a comunidade.

E se for necessário para a população, caberá ao governo fomentar dentro das escolas campanhas de vacinação, higiene, bons modos, culinária, educação doméstica, educação financeira, sustentabilidade, humanismo, prevenção ao abuso sexual, exames oftalmológico, controle de peso, e outros. 

Educação não é só saber ler e escrever!

Eu estudei em Universidade Pública e convivi com colegas que vieram de colégios particulares de referência, bairros nobres e com famílias. Isto não significava que eles tinham bons modos, sensibilidade ou respeito com o próximo. A maioria era bem egoísta e mal educada. Só eram mais privilegiados e se vestiam com mais classe. Se eu contar o que já vivenciei dentro de república vai dar um filme de terror da sexta feira 13 com muito sangue, gritos e rock!

Aprendi uma série de comportamentos porque alguém me ensinou. Nem tudo foi possível adquirir dentro da minha casa, com a minha família. Não sou um robô, e só aprendo vendo e praticando. E o que torna isso possível é a educação.  

Tchau,

Carla

quarta-feira, 11 de julho de 2018

Bruxismo, o meu ranger de dentes

Olá,

Minha psiquiatra me alertou que deveria ficar só estudando, dedicando inteiramente ao estudo para realizar as minhas metas esse ano. 

O problema não é cumprir isso. O meu maior problema tem sido lidar com uma séria de sintomas que tenho e que até o momento eu não sabia a origem.

Sempre tive bruxismo, ranger dos dentes. Isso afetou muito os meus dentes e gengiva, tornando a minha boca mais sensível. Quando uso creme dental com a substância "lauril sulfato de sódio", tudo piora e a gengiva incha. 

Perguntava para os dentistas o que poderia ter provocado o bruxismo e escutava o mesmo: "estresse".

Uma dentista ela até me ensinou um exercício para fazer antes de dormir, assim diminuiria o efeito "bruxismo": abrir a boca, elevando a língua até o "céu" e contar até 30. De acordo com ela, esse exercício ajudaria a relaxar a região. Mas o ideal seria o uso de uma placa para não desgastar os dentes.
Imagem do site "AbcMed"

Fui procurar na internet mais informações a respeito das possíveis causas do bruxismo e, novamente, me deparo com a palavra: Autismo.

Em todos os sintomas que sinto: dores de cabeça, sensibilidade auditiva, transtorno de ansiedade generalizada, bruxismo, situações que me incomodam, problemas intestinais.... e essa palavra aparece mais.

Gostaria que houvesse um teste como um exame: azul para POSITIVO, vermelho para NEGATIVO. Mas coisas não funcionam assim. E as suspeitas só aumentam. Mas por enquanto ninguém afirma algo certo. 

E fica essa dúvida. 

Uma boa música sempre ajuda um pouco. Eu estou escutando Canto das Florestas do Reginaldo Frazato Jr., mas no Youtube só consegui isso (versão para bebês):


Tchau,

Carla

terça-feira, 10 de julho de 2018

Escolas gringas por youtubers

Olá,

Nunca tive a oportunidade de morar em outro país. Mas vendo a lista de países que lideram os Rankings de Educação, Saúde e Segurança, dá muito curiosidade.

Às vezes, eu fico perguntando para algumas pessoas que já moraram fora, mas as respostas são meio deficientes. Fofoca universitária:

Durante o período universitário muitos estudantes vão morar em outros países para conseguirem uma fluência em outro idioma, geralmente inglês e/ou francês. Mas era cômico escutar histórias de alguns que não estavam acostumados a ajudar na limpeza da casa sendo obrigados a trabalhar de garçonete ou empregada doméstica no chamado Primeiro Mundo. Eu achava engraçado, porque é algo que aprendi na infância/adolescência. Sempre lavei copo e, pelo jeito, vou continuar lavando. Oh vida! 😂

No site Lagarta vira Pupa, a blogueira e mãe conta a sua rotina com seu filho autista e o tempo que eles residiram fora do país. O vídeo é bem legal e realista:



O youtuber Ian Oliveira (adolescente que faz intercâmbio e estuda na escola pública americana) - ele só não explicou se há um controle central do professor para manuseio da internet pelos alunos-:


Tem o canal Família Russa, mas fica mais focado no dia a dia da mãe com seus filhos. Ela não apresenta uma visão crítica sobre as disciplinas, infraestrutura ou métodos pedagógicos. Mais uma curiosidade que me falaram sobre que a maioria das escolas são públicas na Rússia, algumas disciplinas são estranhas e a merenda tem de ser paga pelos pais dos alunos (seria uma taxa mensal para ter direito a uma merenda saudável):


Aulas de costura, marcenaria, línguas estrangeiras são algumas disciplinas das escolas suíças apresentadas pelo canal Do Outro Lado do Mundo (mas a moça não foi estudante lá... uma pena....):


O canal "Ela é americana" da Liana que trabalha e cuida do filho sozinha na Suíça - que corajosa -:

A Jéssica Hirata também é legal, mas fala mais da cultura japonesa - a escola também é ensina a fazer limpeza e outras coisas:


Tem a Vitória Mahon que estuda numa escola católica particular no Canadá (beijinho no ombro dela: ricaaaaaa!):


A Michelle Almendra fala sobre sua rotina numa escola internacional na Inglaterra, mas é voltado para aprimoramento da língua estrangeira, ela não tem tanta vivência:


A Emilly Almeida é uma fofa, ela estuda na Inglaterra e conta o dia a dia dela:


A Dri EveryWhere, é um canal da mamãe Adriana, foi o mais completo e maduro que vi. Fala desde a licença maternidade, salário, escola particular x escola pública:


A Glaciane Barroso fala da escola pública em Portugal com o filho dela. É divertido vendo ele explicar, apesar da pouca idade:


Se conseguir mais vídeos, eu adiciono depois!

Tchau,

Carla

domingo, 8 de julho de 2018

E "gol contra" ainda existe no futebol?

Olá,

Eu não estava torcendo tanto para o Brasil (futebol) quanto deveria. Estou muito ocupada estudando e trabalhando. Gostaria de ter assistido outros jogos, mas não dá.

Mas quando a equipe de futebol brasileira aparecia, eu colocava o meus adereços verde + amarelo e ficava na maior ansiedade. Nunca comi tanto amendoim torrado com sal e suco. 

Estou vendo muita gente xingando os jogadores por ter saído da Copa do Mundo Rússia  🏆. Ai! Tem que saber ganhar, mas também tem que saber perder. 

No último jogo, achei que o time jogou bem, principalmente no segundo tempo. O gol contra do Fernandinho foi uma fatalidade, poderia ter acontecido com qualquer um que estivesse no lugar dele. 



Eu não entendo porque ainda existe gol contra, as regras deviam ser revistas e gol contra tinha que ser cancelado/anulado - não sei o termo correto no futebolês⚽. Povo atrasado 💩. Dá para perceber que não foi com má intenção.


Não só o time do Brasil que faz Gol Contra:


Mais feio que a FIFA ⚽ ter cancelado esse tipo de gol, são alguns racistas xingarem e humilharem o jogador. Muito feio! Tem gente que não sabe perder, ganhar ou se divertir.

Nossa seleção nunca ficou fora de uma Copa do Mundo 🏆, independentemente se os jogadores eram ricos e famosos como hoje. Eles estão de Parabéns 💗 por manter essa tradição. Com ou sem taça 🏆, gostei do Tite e dos jogadores.

Por ter o maior número de torcedores do sexo masculino, o futebol não tem tanta classe quanto deveria. Mas coisas negativas acontecem em outros esportes também. 

Indico o filme "Invictus" (a luta de Nelson Mandela 📚 para combater o racismo em seu país através do esporte): 


Outro filme legal é "Eu, Tonya" (spoiler com opinião: ela não é a queridinha dos jurados por não ter uma típica família completa e feliz. Que absurdo! Imagine se não pudéssemos conhecer a incrível ginasta Simone Biles porque sua mãe é usuária de drogas - Simone foi criada pelos avós! Arghhh!). Tonya Harding é a primeira norte americana a fazer o "salto triplo axel", típico da patinação masculina


A patinadora japonesa Mao Asada também ficou famosa fazendo esse salto masculino (ela também já passou por situações desagradáveis. Um jornal japonês alegou que o nível de apresentação havia diminuído consideravelmente, e que se coubesse eles fariam uma notinha dela na seção das Olimpíadas de Inverno no jornal. Arghh! Povo chato!):



A gente precisa aprender a ser Verde & Amarelo 💚💛 todos os dias, com ou sem Copa do Mundo 🏆

Eu só acho que a acho que assessoria de imprensa da CBF ⚽ não é muito boa. Os jogadores brasileiros poderiam aproveitar o momento antes de algum jogo para fazer uma campanha positiva. Por exemplo, uma faixa pedindo orações para o time infantil de futebol preso na caverna na Tailândia! Ficaremos mais orgulhosas ainda. Eles estão precisando muito. 



Parabéns e obrigada seleção! Nosso Hexa 🏆⚽ não foi dessa vez, mas quem sabe numa próxima. Com ou sem troféu, desejo que consigam manter a nossa tradição! 😜  

Tchau,

💚💛Carla 💚💛