segunda-feira, 18 de junho de 2018

Realeza nigeriana no Brasil

Olá,

Por causa do minhas características, lido muito com o preconceito do outro. Mas através do meu trabalho aprendi sobre a importância de se combater a ignorância (minha e a do outro). 

Eu, como professora, tento participar de vários projetos que estão relacionados a esta temática. Não era dentro do meu turno de trabalho, mas quis ir junto com outra professora e seus alunos (alguns também são meus alunos, mas em outro horário) conhecer o rei Ooni que está visitando o Brasil este ano. 

Ele é rei da cidade de Ifé - que na língua Yorubá significa "amor" 💝- que pertence a Nigéria 🌍. O rei Ooni 👑, representante do povo Yorubá, veio com sua comitiva para estreitar laços com os afrodescendentes das Américas. 

Fiquei curiosa. Nunca vi uma realeza, nem a brasileira. Fiquei imaginando como aquela realeza africana seria exótica aos meus olhos 👀. 

O povo Yorubá  é praticante da religião iorubá que no Brasil deu origem ao Candomblé, que por sua vez, deu origem a Umbanda. O rei Ooni 👑 é representante político e religioso de seu povo, que ocupa a cidade nigeriana desde 500 A. C.. 

Os alunos estavam muito empolgados. Ensaiaram até uma música para cantar para ele. Ficaram bem ansiosos. 

O horário estava marcado para as 14 horas. Mas foram tantos encontros desde de sua chegada ao Brasil que a comitiva atrasou. E os alunos começaram a ficar com fome. Eu sou prevenida, então deu o meu lanche para os que quiseram. Convidei alguns para retornar a escola, mas eles não queriam sair dali. 

"Já esperei tanto... aguento um pouco mais para ver o rei!"- disse um deles.

E começou a ficar engraçado. Qualquer carro que aparecia no local, alguém começava a gritar: "É o rei!" e só via a meninada correndo e voltando: "Não é o rei!". Muitos afrodescendentes, admirados, religiosos - Congado, Candomblé, Umbanda e Espíritas -, estudantes e professores estavam presentes.

Os alunos começaram a perguntar porque o príncipes do Brasil não falam tanto na televisão. Eu expliquei que vivemos a República com Presidente e que eles não gostam de fazer propaganda de outro regime político: a Monarquia. Muitos moram no Brasil, principalmente São Paulo e Rio de Janeiro, e trabalham.

O rei Ooni 👑- também chamado de Ojaja II - possui doutorado em Administração 🎓. Ainda no Rio de Janeiro ganhou a medalha Tiradentes (grande símbolo republicano) por essa iniciativa e deu um discurso:

"Eu estou aqui para trazer amor a todos vocês do Brasil, em especial afrodescendentes brasileiros. Os afrodescendentes precisam saber. Nós não somos escravos. Nós fomos escravizados. Os brasileiros pertencem a a linhagens de reis, rainhas. Nós podemos falar línguas diferentes, mas somos da mesma família. Nós temos de nos associar a vocês. Todos os dias vocês precisam acordar, porque têm que contribuir imensamente para este mundo". Parte do discurso no Rio de Janeiro.

Tinha Arte 🎨🎭 nas vestimentas, adereços, nas danças, cantos e no local (exposição sobre Umbanda).

Não é a minha religião e costume, mas é bom praticar o respeito ao próximo. Vamos para sessão de fotos e vídeos:



Ensaio da música que seria apresentada a
alteza nigeriana (errei feio! É majestade).








Rei e Rainha do Congado.
Aluna Down empolgou e dançou demais.








Eles também estavam preocupados em levar lembranças digitais.



Estava na hora de ir embora, mas tinha gente
que não queria parar de dançar.
Chorou demais. 💃
Muito legal, mas fiquei morta de cansaço, fome e sede.

Tchau,

Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário