segunda-feira, 14 de maio de 2018

Preservação de nascentes e construção de condomínios

Olá,

Não vou ser hipócrita. Eu sou a favor da modernidade. Eu gosto de internet e das facilidades que a modernidade promove. 

Não vejo nada de errado de uma pessoa morar em um apartamento, em alguns casos apertamento. Na internet e televisão mostram aqueles apartamentos e/ou hotéis luxuosos... nossa... muito chique mesmo.

Mas para construir um conjunto habitacional ou rede hoteleira tem que demolir ou desmatar. Infelizmente, em épocas modernas nós somos obrigadas a fazer escolhas nem sempre favoráveis ao Meio Ambiente.

Em Belo Horizonte, tem várias empresas que constroem conjunto habitacionais, mas esses são voltados para pessoas de baixa renda. São em bairros distantes do centro comercial, tem muitos muitos apartamentos e facilidades para financiamento pela Caixa Econômica Federal. São construídos de forma econômica e com pouco espaço.

Mais uma dica incrível: a maioria dos proprietários e fundadores dessas empresas são formados pelas Universidades Públicas.  

Parece tudo perfeito, não é? Um grupo de decoradores, arquitetos, engenheiros e técnicos se organizam para ter uma noção do que vão construir. Fazem até réplica para visitação. Mas eu cheguei a conclusão que os construtores nunca fazem algo em que eles gostariam de morar. E algo que não é para nós, é feito de forma.... de qualquer forma. 

Muitas pessoas que conversei que já moraram em apartamentos assim, ficaram cerca de 1 ano e se mudaram. Não aguentaram. Eram diversas reclamações, mas a que eu mais escutei foi sobre "A volta dos que não foram": a descarga! 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------
Leia aqui: "A verdade sobre vasos sanitários de caixa acoplada": (eu juro, não fui eu que escrevi isso):

“Sério, eu não aguento mais esse tipo de vaso. Seus inventores mereciam apodrecer na merda. Discordo desse argumento de que esse tipo de vaso sanitário ajuda a economizar água. Na prática o que ocorre é que essas porcarias entopem por qualquer coisa, obrigando você a dar várias descargas, o que significa que aquela suposta economia de água vai toda embora. Fora o inconveniente que se passa, tendo que gastar bastante tempo e paciência para tentar desentupir, por causa de um mero cocôzinho que não desce direito. Viva os vasos sanitários com descarga de válvula, qualquer dia jogo essa porcaria fora e boto um desses. Ou então alguma solução com pressurização. Edit: não tenho como tirar foto, mas nem todas as caixas acopladas são exatamente iguais, e pode ser que isso faça alguma diferença. O mecanismo da minha é similar à este aqui: 


Edit2: por favor, sem gracinhas."
--------------------------------------------------------------------------------------------------------
Mas talvez seja a grande oportunidade de você virar especialista em cocô e aprender como funciona o seu intestino:


Então, não deixem destruir uma matinha ou matão para construir condomínio residencial, porque a floresta pode dar lugar a um filme de terror. 

Tchau,

Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário