sábado, 17 de fevereiro de 2018

O som do coração

Olá,

Eu gosto de música. Iniciei um curso de música quando era mais nova, mas tive de parar.  Como minha família não tinha condições de pagar para todos os filhos, parou o curso. Um dia, eles me deram um CD de músicas clássicas para compensar (tenho o CD até hoje).

Depois tentei fazer o curso novamente, durante o período universitário, mas abandonei porque achava que estava difícil de aprender (falta de dinheiro e tempo, além disso tinha dificuldade de aprender no ritmo que o professor mostrava).

Mas ano passado decidi aprender do meu jeito. Não sou 100% autodidata, eu preciso de aulas, mas o estudo tem que acontecer do meu jeito e eu estou com dificuldade para ficar me deslocando de um lugar a outro.

Pesquisando, achei um canal no youtube dos cursos EDON.COM.BR, que vende DVD's com aulas de vários instrumentos musicais (CANAL YOUTUBE EDON). Por precaução, decidi comprar somente um DVD, pois fiquei desconfiada. Ao assistir, aprovei e comprei o resto da coleção de Flauta Doce (eu conversei com a EDON para conseguir a coleção completa).


Eu estou gostando, mas fiquei com dúvidas. Comprei o livro do professor Mário Mascarenhas (volumes 2) para Flauta Doce que me ajudaram a entender melhor as aulas do DVD's. Estou aprendendo por partituras! Correção: eu tirei cópia do volume 1, pois comprei o livro "Flauta para Leigos" e devolvi, pois era para outro tipo de flauta. Fiquei receosa e tirei cópia do volume 1 do Mário Mascarenhas. Gostei demais. Comprei o volume 2 no site da Loja Saraiva. Algumas músicas tenho dificuldade para sentir a melodia, então eu procuro a música no Youtube. 

Aliás, Mário Mascarenhas é um gênio da didática na música brasileira. Fica mais fácil aprender com o material dele. Os livros e apostilas dele são caros, mas compensam. Outro autor competente é o professor Bohumil Med que tem publicado um livro sobre Teoria Musical. Junto com o "Flauta para Leigos", havia comprado o "Teoria Musical para Leigos" e não gostei. Devolvi os dois para a Saraiva. Achei o livro do Bohumil melhor. 

Mesmo assim, continuei com algumas dúvidas, principalmente em relação a digitação de algumas notas na Escala Menor. Procurei e achei o e-mail da professora que ministra as aulas dos DVD's: Betiza Landim.


A Betiza é formada na área (tem curso superior na área de música) e ensina as posições corretas para flauta doce (a maioria ensina errado) - Mário Mascarenhas também ensina corretamente -, e ela participa de um projeto, que se chama DuoBrasil, que divulga música erudita para flauta doce e piano.

O próprio contato de Whatsapp do Curso EDON é voltado para tirar dúvidas de alunos, mas quis entrar em contato com a professora Betiza até para elogiar, pois ela é muito talentosa.

Desde dezembro, me dediquei ao estudo da flauta doce soprano barroca (a minha é de resina). Mas agora vou ter de dar uma pausa, pois preciso cumprir outras metas para esse 2018. 

Escolhi a flauta, pois é mais barato de aprender e fácil de transportar, além de não ocupar muito espaço. Também gosto muito do timbre do violino, piano e violão. Desejo aprender um outro instrumento depois, mas por enquanto, só vou ficar na flauta.

Gostaria de me dedicar mais. Música é tudo de bom!

Eu gosto de música clássica, mas também gosto de Sertanejo Universitário, Axé, Rock e Samba. Sou eclética enjoada, por exemplo, eu não gosto de todas as músicas de Axé, na verdade, eu gosto de algumas músicas de Axé e não necessariamente do grupo musical. 

Tem alguns filmes que abordam a temática música que são muito bons e incentivam um pouca a gente. Eu recomendo esses (eu coloquei em alguns o trailler ou música para incentivar você a assistir, mas o La Bamba é tão velho que nem trailler em inglês tem!):
  • Sobre altas habilidade/superdotação em música:
1- O Som do Coração
Com o ator Robin Willians. Eu amei esse filme, conta a história fictícia de um prodígio da música. O menino conversou com a lua, e eu não critico pois já tentei capturar o arco íris. Todas as crianças desse filme são talentosas. O filme também abordar o problema do  abandono e abuso infantil.



2- Shine
História verídica do pianista David Helfgott, com o ator Geoffrey Rush (ganhou o Oscar de melhor ator por este filme). Tirando as partes com o pai (agressivo - violência doméstica e abuso infantil), o filme chega a ser cômico. Acho que o problema que ele fica piscando muito seja por causa de choques na cabeça. Coitado! Não achei trailler em português, então deixei o vídeo da participação dele durante a cerimônia do Oscar (1996):




3- O Solista
Tem algumas pessoas que tem mais de uma excepcionalidade, é o caso de um autista que é superdotado ou um esquizofrênico superdotado. Eu só sou uma vaidosa com altas habilidades, às vezes, sou tão quieta (concentrada) que as pessoas se sentem incomodadas comigo. Vou tentar assistir hoje, depois coloco a minha opinião. Eu gostei muito do filme (nossa! ele era ex-aluno da Juilliard School). Ele ficava muito em ambiente fechado, e muitos se dedicam tanto ao que gostam que nem se alimentam direito, será que ele estava desnutrido? O quase não acreditei que a história era real.



4- Amadeus
Conta a história do prodígio Wolfgang Amadeus Mozart, sua família e do invejoso Antonio Salieri. Parece um surtado quando ri!



  • Outros tipos de filmes sobre música (não são específicos sobre a temática superdotação):
5- Somos tão Jovens
É a história do início da carreira do Renato Russo. Recordei da adolescência, pois escutava muito Legião Urbana e Capital Inicial.



6- Gonzaga: de Pai para Filho
Eu gostei, a música do pai eu conheço, mas não conheço tanto a do filho.




7- La Bamba
Passava na sessão da tarde. Mas o filme é bonitinho, na verdade, legal mesmo são as músicas!



8- Dois Filhos de Francisco
Não é o tipo de música que eu gosto, acho os dois filhos muito melosos, mas o filme é muito legal, história de superação. Aborda o problema da pobreza e abuso infantil.



9- O Menino da Porteira
Eu já assisti esse filme, mas não lembro da história. 
Sinopse do Google: O peão Diogo leva uma grande boiada até a fazenda de Ouro Fino. Ao passar pelo sítio Remanso, ele conhece Rodrigo, um menino que sonha em se tornar um grande boiadeiro. Eles se tornam amigos, sendo também testemunhas das injustiças que ocorrem na região devido à ganância do major Batista, dono da Fazenda Ouro Fino.


10- Teoria do Tudo
Não é um filme de música, mas o baseia-se na história do inteligentíssimo físico Stephen Hawking que adorava escutar as músicas do compositor Wagner. Acho WagnerAram Khachaturian muito intensos. Acho que só tem efeito calmante para fãs.



11- Villa Lobos - Uma vida de paixão
Conta a história do compositor Villa Lobos. Nunca assisti ou vi em locadora ou televisão. 



12- João, o Maestro
Ainda não consegui ver esse filme. Parece muito bom.



13- O pianista
Filme sobre o genocídio de judeus durante a Segunda Guerra Mundial, mas focada na história de um famoso pianista. Bom filme! 




13- Orquestra dos Meninos
É com o ator Murilo Rosa. Orquestra criada e regida pelo músico e maestro Mozart Vieira, composta por crianças que trabalhavam no campo, no município de São Caetano, agreste de Pernambuco, Brasil. Adquiriu notoriedade nacional, provocando a inveja e o ódio da elite local. Eu gostei! Aborda os temas inveja, pobreza e abuso de poder (seria coronelismo?).


15Whiplash – Em busca da perfeição
Dizem que é autobiográfico, porque o diretor estudou bateria e o professor era rude com ele. Ainda não assisti, mas as críticas são positivas.



16- Mãos talentosas
Esqueci desse! História de superação do médico Ben Carson. O filme é bem legal, ele teve sorte das pessoas ao redor, principalmente a mãe, ser tão disposta em o ajudar! Ela colocava música clássica e incentivava os filhos a irem a biblioteca. Aborda a importância da participação da família na criação dos filhos, o racismo e o bullying.



17- Escola de Rock e High School Musical
Os dois são bem falados, mas nunca assisti. Eu não estou conseguindo assistir pela programação da televisão, pois estou ocupada e os horários são incompatíveis!



Ainda não assisti Elis, Maysa, e outros. Então, eu posso atualizar a lista depois, ou fazer um postagem de músicas brasileiras, pois aqui é para mais clássicos, instrumentais e histórias de superação. Eu não tenho Netflix, pois fico pouco em casa. 

Os filmes da Barbie também apresentam a música clássica, mas eu não recomendo para adultos! Arghh... Eu não consegui assistir, mesmo amando a cor rosa! O Pica Pau é  agressivo e maluco, mas é engraçado:



Nunca tive condições de assistir aos espetáculos de André Rieu, mas tem algumas peças no Youtube, talvez você se encante:



Às vezes, compro CD's de músicas alternativas. Ultimamente, as músicas que mais tenho escutado são de HandPan tocado por Daniel Puerto Perdomo (comprei o CD dele no Rio de Janeiro):



Também gosto do Uakti, mas só tenho um CD deles (é difícil de achar para comprar):


Enya também é bom:


Eu não sou muito fã de Marcus Vianna, mas pode ser que você goste. Ele me lembra o escritor Paulo Coelho, sempre buscando sabedoria lá longe, depois de Bagdá:


A música pode nos ajudar a acalmar, trazer lembrança de pessoas queridas ou de épocas que já se foram (musicoterapia)! Desejo que a boa música seja parte do seu dia a dia!

Tudo de bom,

Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário