segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Lula condenado

Olá,

Eu não sou imune as coisas que vejo no dia a dia. Eu acompanho noticiários e tenho ficado um pouco estressada. Na verdade, eu estou evitando a ansiedade (depois eu divulgo algumas atividades que faço para acalmar).

Mas está difícil nas condições atuais que o Brasil se encontra. A Dilma Rousseff sofreu impeachment, e agora o Lula foi condenado e teve pena ampliada.

Imagem do blog "O menino que não machuca"
a) Qual foi o crime de Dilma? E o maior crime de Lula foi um triplex? Eu tenho imaginação meio fértil: Será que se eu esquecer uma almofada em Maragogi, ela será toda minha ? Usucapião! 😀

b) Já aconteceram outras investigações no Brasil sobre corrupção. Mas o Brasil parou e ainda não descobriram o dono do Triplex. Só quero saber se já devolveram o dinheiro das outras investigações ao lado. Isso é muito dinheiro. 

c) Estamos diante de uma crise que aceleram Reformas Trabalhistas e Previdenciárias. Mas porque as reformas tem de iniciar por nós? Cargos políticos devem ser o exemplo da nação. Vai mudar a aposentadoria deles também? 

O site Politize faz uma comparação interessante sobre aposentadorias:


Fica a critério de cada um votar e apoiar em quem quiser, mas me incomoda algumas atitudes.

Existem diversos sites, blogs e youtubers que apoiam ????? (eu não sei quem eles apoiam), mas esse me chamou a atenção:


O vídeo entrevista vários manifestantes e faz algumas perguntas. Uma delas é sobre o dinheiro público que órgãos como CUT (Central Única dos Trabalhadores) recebem, mas outras como MBL (Movimento Brasil Livre - parece que eles apoiam o youtuber acima).

1)

A CUT é um representante oficial dos sindicatos de cada categoria trabalhadora no governo, e a existência de sindicatos está prevista em lei.

Muitas ONGs (Organizações Não Governamentais) recebem recursos do governo, pois alegam fins filantrópicos. Muitas ONGs acusadas de desvio de dinheiro estão ligadas a políticos. Leia aqui. Deveria ter uma legislação melhor para envio de recursos e fiscalização das ONGs.

O MBL não parece está ligado a ações filantrópicas para apoiar gente que vive a margem da sociedade, como eu.

2) 

Outra fato citado é a compra da Refinaria Pasadena no ano de 2006, na época que Dilma Rousseff era presidente do Conselho de Administração da Petrobrás. Ela alega ter votado a favor da compra, mas que a documentação omitia as duas cláusulas que obrigaram a Petrobrás a pagar um valor maior pela empresa. Clique e leia mais.

O responsável pela documentação (resumo técnico) seria o Paulo Roberto Costa, engenheiro mecânico formado pela Universidade Federal do Paraná. Se ele agiu de má fé, por que ele não teve o diploma cassado? 

Mais um que estudou na universidade pública, com dinheiro público, mas que não retorna em nada para a sociedade que permitiu o seu estudo. A gente paga para o povo estudar e eles são assim... mal criados... E as pessoas ainda agridem os cotistas! 

Neste site tem uma reportagem bem interessante: "A história da Pasadena que a mídia não contou". 

O site da Veja fez uma reportagem sobre o incêndio que atingiu a Petrobrás (2016) e mostra várias fotos da refinaria de Pasadena, mas não sei se as fotos são atuais. Clique e veja. Parece que a refinaria foi comprada naquelas condições, mas outras reportagens alegam que não. Eu nunca fui lá! Então, eu não sei.

O artigo "A história da Pasadena que a mídia não contou" fala um pouco sobre os Rockefeller. Para quem for mais curioso, tem uns documentários sobre os Gigantes da Indústria e lá fala um pouco sobre os negócios da família Rockefeller (são 8 episódios, recomendo assistir a todos):


Outro documentário legal da History é o Gigantes do Brasil. Tem o empresário e esquisito Percival Farquharser humano que ninguém sabe nada a respeito, nem religião. Ele colaborou com o início da Guerra do Contestado. Quase acabaram com o mate (o que seria do Brasil sem o chá mate, chimarrão e tereré?).


3)

O resto do vídeo eu não consegui assisti, pois fiquei irritada! 😕

Eu só não quero que vocês sejam "enganadas" por esse tipo de reportagem. Não importa qual é o partido político que você apoia, eles não tem esse direito de enganar.

Tudo de bom a todas!

Tchau,

Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário