sábado, 22 de outubro de 2016

Menstruação, fases da Lua e cólica

Olá,

Ainda sabemos muito pouco sobre o nosso corpo e como funciona o nosso universo. 

Lembrei de uma aula do curso de fisiologia vegetal em que os alunos tiveram que pesquisar sobre os mitos e verdades a respeito do desenvolvimento de plantas e as fases da lua. Eu não participava do curso na época, mas essa aula ficou famosa.


Decidi acompanhar a minha menstruação com as fases da Lua. Ainda é pouca coisa, pois faz pouco tempo que parei de tomar pílula e cortei o açúcar da alimentação. Ainda estou só na observação.

Eu errei na hora de por as fases da Lua, vou corrigir e colocar novamente. Tem vários sites falando sobre as fases da Lua, mas esse do Instituto de Meteorologia parece mais confiável (clique aqui). Inclui hora também, o que complicou para montar a tabela. Vou ver como consigo me organizar. Depois atualizo.

Consegui esse calendário lunar do site Galeria do Meteorito. Marquei de julho até outubro, mas na SuperLua (Lua Cheia) de novembro eu menstruei também. De acordo com o blog "O despertar do feminino", eu estou obedecendo ao ciclo da Lua Vermelha. 

Vou tentar sempre atualizar as minha menstruações.

Fevereiro 2017
: eu não menstruei.

Li mais a respeito das fases da lua e a menstruação e entendi que cada mulher tem sua fase para menstruar, não uma fase da lua certa para isso. Não existe Lua certa para menstruar. Você deve acompanhar o seu ciclo para saber qual é a sua Lua.

O site Danza Medicina tem cursos voltados para o público feminino  e autoconhecimento. Elas liberam para download uma mandala lunar para acompanhar a menstruação.

O Mandala Lunar é uma espécie de diário/agenda do ciclo feminino durante um ano. É todo artesanal e bonito.

Abril 2017: Tive uma cólica muito intensa. Estava com muita insônia, desde fevereiro. Descobri que alguns alimentos que uso têm alto índice glicêmico, atrapalham o meu sono. Um deles é  o caqui (amo).

Setembro 2017: Morri de cólica de novo. Tenso.




Dezembro/2017: não tive tanta cólica, mas meu corpo ainda incha e tenho dores de cabeça. Acabo ficando mais sensível. 

A site Galeria do Meteorito já liberou o Calendário Lunar 2018, link AQUI.


Fevereiro/2018: Não senti cólica, mas fiquei muito ansiosa e com dor de cabeça. Talvez o ENEM tenha me afetado muito. Argh!

Março/2018: Muita ansiedade, dores de cabeça e falta de paciência. O ENEM me afetou. Fico triste e revoltada toda segunda quando tenho de olhar a lista de espera. Isso será até setembro. Parece tortura. Mas já voltei a estudar.

Abril/2018: Desde Setembro de 2017, eu uso o medicamento Cloridrato de Paroxetina para controlar a ansiedade. A ansiedade diminuiu, meu coração não vai sair mais pela minha boca, mas estou incomodada com o mexer da perna (isso não acontecia antes, é efeito do medicamento). Por falta de tempo, tive que para de ir a academia, mas pratico yoga em casa. Estou tomando vitamina D, pois o clima esfriou e eu quase não estou vendo o Sol. A data de marcação da menstruação vai desde o início (quando o corrimento vaginal fica escuro) até o término. Continuo estudando. Não tive cólica, mas senti dores de cabeça. 😖

Maio/2018: Eu tomei a vacina contra gripe (Dia D -12/05/2018), distribuída pela Prefeitura de Belo Horizonte e tive forte reação. Estou me recuperando.

Junho/2018: 2ª SISU: tristeza veio com tudo. Senti cólica dias 15 e 16. Dores de cabeça também. Dia 21 foi solstício de inverno. Mas ainda não tive tempo de concluir nada. Fiquei barriguda porque estou comendo demais (biscoitos diet com glúten) e não estou indo a academia. Reduzi o consumo de glúten.

Julho/2018: No período menstrual, tive pouca cólica. Achei que fiquei barriguda até demais. Aquilo não era só gases e falta de academia. Nunca fiquei assim. Fui ao gastroenterologista, fiz os exames pedidos e até o momento não foi diagnosticado nada. E também não é bebê! 👼Mas fui procurar informações na internet sobre distensão abdominal e me deparei com o autismo de novo. Todo sintoma que tenho acho essa palavra: autismo. Que chatice! No dia do eclipse, senti cólica, mas não estava menstruada. 

Agosto/2018: Conversei com a psiquiatra sobre a distensão abdominal e ela pediu que eu reduzisse o consumo de leite, glúten e cafeína. Estou reduzindo aos poucos - cortar alimentos dá um impacto até emocional - , comecei pelo glúten. Quase não senti cólica neste mês. Estou participando de uma pesquisa sobre pessoas adultas com laudo definitivo ou inconclusivo da Síndrome de Asperger (forma leve do Espectro Autista) com psicológas pesquisadoras - graduanda e mestranda - da UFMG. Quando tiver um retorno maior da pesquisa, eu informo aqui.

Setembro/2018: Ainda estou barriguda, mas diminui a quantidade de leite e glúten da alimentação. Estou muito desanimada de fazer o ENEM depois do incêndio do Museu. As universidades públicas estão lotadas de pessoas geniais e eu só sou uma "portadora de necessidade especiais de aprendizagem". Nem lembro se tive cólica. Depois do incêndio eu fiquei sem memória. Fiz os testes do grupo da UFMG (triagem) e o relatório final foi inconclusivo. Igual será o relatório da Polícia Federal sobre o incêndio em museus: inconclusivo. 😔

Outubro/2018: Vou continuar barriguda enquanto eu não voltar para a academia. Estava usando medicação manipulada para controlar a ansiedade, mas não estava surtindo o efeito desejado. Então, tive que voltar a usar o cloridrato paroxetina da Medley (empresa farmacêutica mais confiável). Como doei sangue esse mês, achei que ia menstruar pouco, mas foi a cachoeira de sempre (não lembro de cólica... ainda sem memória). Conversando com a psiquiatra, estou percebendo que eu não sou muito boa em expressões faciais. Ah! O mundo é cheio de intrigas! Por causa das intrigas das eleições, na primeira votação eu fiquei tão preocupada que rangir tantos os dentes (bruxismo) que a minha gengiva inchou. Ai! 

Novembro/2018: Eu fiquei tão biruta por causa do ENEM, que simplesmente apaguei da memória essa menstruação. Eu só consigo lembrar que tive uma forte dor de cabeça durante o segundo dia de prova (exatas). Não surtei de ansiedade durante ou após a prova, isso é bom. Por causa dos resultados do testes da UFMG, a psicóloga confirmou que sou dupla excepcionalidade: Altas Habilidades e Síndrome de Asperger (autismo leve). A cada dia que passo, eu tenho a impressão que o mundo está ficando mais barulhento. 

Dezembro/2018: Eu tive cólica dia 4, mas as minhas cólicas são mais suaves que quando mais nova. Aproveitei esse período pós-ENEM, para estudar um pouco educação e psicologia. Por enquanto, só estou lendo sobre a vida e método Montessori. Gostaria de ler os livros publicados por ela, mas só consegui o "A Criança" da biblioteca do meu trabalho. Comecei a diminuir a dosagem da medicação (cloridrato de paroxetina), mas ainda tenho o mexer das pernas muito intenso. 



Janeiro/2019: Eu estou bem, mas meus seios ficaram doloridos e inchados desde dezembro e só melhorou quando menstruei. Quase um mês dolorida. Estou pensando o que farei, pois essa mesma postagem sobre menstruação está ficando muito grande. Conversei com o responsável pelo site Galeria do Meteorito - Richard - e ele ficou feliz com essa iniciativa feminina e disponibilizou um calendário  lunar para impressão também. A loja virtual Morada das Florestas está com um livro/diário/calendário chamado Mandala Lunar que parece ser muito bom para acompanhar a menstruação e dominar mais a nossa felinidade, ops, feminilidade. 😁
Meu cabelo estava caindo muito, então apelei geral: parei de pintar com henna (muito hidratante e oleoso para meu couro cabeludo), comecei a usar polivitamínicos - por causa da idade, talvez precise de uma ajuda extra para manter a saúde - e usar xampu com carvão ativado. Melhorou um pouco. Depois faço uma postagem sobre isso. Tchau.

Fevereiro/2019: Ai, o calor está demais! A psiquiatra confirmou o diagnóstico da psicóloga: síndrome de Asperger (TEA/Transtorno do Espectro Autista). Ao mesmo tempo que fiquei chateada, fiquei aliviada. Chateada por ter demorado para me autoconhecer - 21 anos para me perceber Asperger - e aliviada por não ser uma doença como o câncer -  porque, às vezes, eu tenho fortes dores de cabeça. Tanto a psicóloga quanto a médica alegaram que cada um tem seu tempo. Sabe? O tempo é relativo. Todos os dias eu agradeço a Deus, mesmo lentamente, estou tendo essa oportunidade. Quantas pessoas não têm isso? 

Março/2019: Estava ficando muito sonolenta, por causa do cloridrato de paroxetina (atualmente uso 40 mg por dia). Conversei com a psiquiatra e mudei o horário do medicamento. Antes usava durante a manhã, agora eu tomo (engolir com água) durante o almoço. Ainda estou sonolenta, mas não tanto quanto antes. Estou usando bicarbonato de sódio e leite de magnésia para diminuir a oleosidade da pele do rosto. 

Abril/2019: Como ainda estou muito ansiosa, a psiquiatra achou melhor voltar a dosagem máxima por mais um tempo. Aí, eu fiquei triste. Não consegui nem esconder, porque a minha expressão ficou tão séria que até os meus alunos começaram a reclamar. O meu sono não está tão regular desde o aumento da dosagem. Tive muita cólica, mal estar e minha garganta está me incomodando. Argh!

Maio/2019: Por causa dos problemas no meu condomínio, fiquei ultra ansiosa, chateada, abalada e inchada. Má administração foi um dos motivos da retirada do síndico morador e agora temos um profissional. Mas isso me deixou muito estressada. Muito sensível, inchada e com cólica. Sempre que posso tento acompanhar alguns eventos astronômicos divulgados na Galeria do Meteorito, mas sabe como é! Os eventos acontecem de madrugada e eu preciso acorda cedo para trabalhar. Tanto estresse me adoeceu e fiquei 4 dias afastada do trabalho com tosse, catarro, dores horrorosas de cabeça, dores no corpo e garganta. Sempre tento curar meu mal estar com tratamentos naturais (homeopático e fitoterápico), mas desta vez nada disso foi suficiente e tive de usar antibiótico. Melhorei. 

Junho/2019: Estou ansiosa para as férias chegarem, muito esgotada. Por recomendação médica, estou evitando as redes sociais - parece que o povo perde a noção e começam a agredir uns aos outros. Procurando mais nas leis sobre a quantidade de alunos por sala, teve uma que alterou a LDB colocando um limite máximo de alunos por turma, mas não há menção sobre o mínimo. Será que a escola poderia estabelecer um mínimo de alunos por sala para melhor condições de trabalho? Fui questionar e novamente fiquei sem respostas. A cada dia que passa fico mais decepcionada com o trabalho, sinto como se tivessem usando a Educação para manipulação política.   

Julho/2019: Estava muito ansiosa por causa do processo seletivo para entrada na universidade pública. Infelizmente, não fui aprovada e fiquei muito chateada por isso. Chorei demais. Agora estou presa - voluntariamente - nas aulas de artesanato do Youtube e Instagram - ajudam a melhorar o meu humor. Vou dar um tempo nos estudos acadêmicos - preciso melhorar a minha saúde-, e talvez ter aulas de zumba e desenho artístico. Quando estou muito triste, ocupar a mente com artesanato e dançar me ajuda. 
🎵Esses dias ao som de Madonna e dançante igual Cristina do Grey's Anatomy (assisti alguns capítulos de tanto que a psicóloga insistiu - mistura de cirurgias com novela mexicana): 🎵


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Minha cólica diminui bastante. Mas estou usando um sabonete para o período menstrual.

Sabonete Natural Gerânio, Lavanda e Laranja - 100 g - La Pachamama

Alívio dos sintomas da TPM e da menopausa e calmante.

Ingredientes: calêndula, óleos vegetais, óleos essenciais (laranja, lavanda e gerânio), fixador e conservantes naturais.



Está escrito na embalagem:

"Os sabonetes em barra La Pachamama são 100% naturais e têm em sua composição óleos vegetais e essenciais. São produzidos artesanalmente pelo processo de saponificação a frio, por isso produzem espuma abundante e limpam profundamente a pele mantendo-a macia e hidratada.

O gerânio (Pelargonium graveolens) é o óleo essencial da mulher, um fito hormônio natural que ajuda no equilíbrio hormonal e no alívio dos sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) e da menopausa, trazendo estabilidade emocional e aliviando as ondas de calor e os estados depressivos típicos desse fase da vida. Quando combinado com a lavanda (Lavanda officinallis) e a laranja (Citrus aurantium var. dulcis), reduz o estresse, acalma a mente e ajuda nos processos de depressão."

Opinião: O sabonete ajuda bastante por causa dos aromas de lavanda e gerânio. Eu gostei muito. Recomendo. Não ressecou a minha pele, mas eu uso bastante hidratante, principalmente após o banho. O sabonete ajuda muito a acalmar.

Eu permaneço muito tempo fora de casa. O trabalho, trânsito e afazeres domésticos me estressam muito. Trabalho + trânsito + afazeres domésticos + cólica = cansada demais. Na lista ainda não têm filhos e marido, no dia que tiver eu mudo para "morri". Para ajudar a controlar as dores menstruais aprendi a usar o óleo essencial de rosas. É caro, mas tem o Absoluto 10% que tem o mesmo efeito.

Três frascos? Um dia eu cismei que era Cleópatra... ajuda demais contra os sintomas da menstruação.
Eu também estou gostando de um óleo perfumado da Bioart. Eles tem três opções de óleo perfumado: Alegria, Tranquilidade e Alma Feliz. Eu optei pelo Tranquilidade, pois contém óleo essencial de lavanda, e isso é bom contra a cólica.

Óleo Naturalmente Perfumado - 10 mL - Bioart

Ingredientes: Helianthus annuus (sunflower seed oil), Lavandula angustifolia oil, tocopherol/Helianthus annuus (sunflower seed oil).



Está escrito na embalagem:

Ingredientes orgânicos;
Fábrica sustentável;
Não testado em animais;
Vegan Love;
Não contém corante sintético;
Não contém glúten;
Não contém fragrância sintética.

Opinião: Eu fico um pouco enjoada no período menstrual. Então, no início parecia que eu usava algum produto para limpeza de casa. Depois fui sentindo mais o perfume e estou gostando muito. Tem me deixado mais calma. A Bioart é muito caprichosa. Recomendo.

Estou conseguindo controlar a minha cólica. Desejo isso para todas!

Com carinho,

Carla