segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Meu primeiro mês sem pílula anticoncepcional



Resultado de imagem para diclin
Olá,

É uma longa história falar sobre o meu uso contínuo da pílula anticoncepcional por 8 anos. (Você acredita que eu me sinto escrava ou rato de laboratório quando penso nisso?)

Em 2008 descobri que era portadora da SOP. Além dos ovários com policísticos, apresentei queda de cabelo e muita acne. Para controlar esses e outros sintomas a médica me recomendou a pílula anticoncepcional. Alegava que se eu interrompesse o uso da pílula ficaria infértil.

Com o passar dos anos, apresentei sintomas como inchaço no corpo, cansaço, irritação nos olhos, insônia, nervosismo, varizes, muita enxaqueca e alergias.

Um dia decide pesquisar mais sobre a SOP na internet e fui descobrindo que a minha SOP estava muito ligada aos sintomas da pré-diabetes. (Ai! Eu estava sentindo tanta fome e sede!)

Fui ao médico endocrinologista e foi tudo confirmado. Interrompi o uso da pílula e cortei todo o açúcar da alimentação.

Estou dormindo melhor. Aleluia! Mas ainda tenho crises, para diminuir tive que cortar o arroz e feijão. Mas ainda não fui a nutricionista.

Como durmo melhor, meu corpo não está tão cansado, não estou tão nervosa e não sinto tanta enxaqueca. 
Quando como errado, acontece isso. Crise de madrugada!

Minha primeira menstruação veio com pouca cólica. Um pouco da acne voltou, porque a pele está muito oleosa. Voltou até nas costas. Estou usando uma escova de banho da Orgânica para limpar as costas. Acho a escova um pouco grosseira. Atenção vegano: as cerdas são de origem animal (só fiquei sabendo depois). Caso se interesse pela escova, a Kapeh tem uma escova para costas de cerdas sintéticas. (Depois eu coloco as fotos da escova.)

Ainda uso as meias medicinais para ajudar na circulação sanguínea das pernas, pois fico muito tempo sentada ou em pé.

Estou fazendo a tabela para controlar a datas da menstruação (início e fim).


Para ajudar a minha pele do rosto, eu usei uma máscara iluminadora da Bioart, após uma esfoliação caseira para diminuir a acne do queixo (zona T).

Máscara Facial Iluminadora – 30 mL – Bioart






Ingredientes: Argilla/montmorillonite/kaolin/mica, aqua, propanediol, cetyl alcohol, cetyl palmitate, cetearyl olivate, sorbitan olivate, sorbitan palmitate, tocopherol, ethylhexyl olivate, Vitis vinifera seed oil/resveratrol, glyceryl caprylate.

Modo de usar: Aplicar uma pequena quantidade sobre a pele limpa, espalhar de modo a deixar 1 mm de espessura de máscara sobre a pele. Esperar secar e retirar com água morna e pano limpo. Evitar contato com olhos e boca. Uso externo.

No site da empresa está escrito:

Este produto vem pronto para ser aplicado. Possui uma fórmula poderosa, capaz de remover as impurezas e toxinas, hidratar e revitalizar.

Diferenciais

A composição possui alto percentual de argila dourada certificada Ecocert, rica em minerais essenciais e oligoelementos necessários para manutenção da pele.

A máscara contém bioativos revitalizantes capazes de restaurar a elasticidade e recuperar a luminosidade e firmeza da pele.

Pode ser utilizada por todos os tipos de pele sem contraindicação.

Opinião: Ajuda a recuperar a pele após a esfoliação ou limpeza de pele. Também tem o efeito hidratante. É prático, é só passar na pele e tem uma textura bem fina e delicada. Eu gostei, mas acho que seria melhor algo que deixasse minha pele mais seca, principalmente na Zona T (testa, nariz, queixo).
Tem que cuidar dos poros/crateras!

Meu queixo com acne. Fiz uma limpeza facial caseira e usei a máscara para acalmar. Melhorou o aspecto.

Tchau,

Carla

Nenhum comentário:

Postar um comentário