quinta-feira, 14 de julho de 2016

Pomada vegana contra dermatite atópica

Olá,

Eu tenho a pele do corpo seca e os dermatologistas sempre recomendam usar hidratante. No inverno a pele fica mais seca ainda e pode aparecer a dermatite.

Os tratamentos recomendados são pomadas com ingredientes como lanolina e corticóides.

Pomada alternativa.
Como está pouco irritado, decidi tentar o tratamento alternativo: óleo/manteiga vegetal, um calmante e controle mental para não coçar.

Foto antes do tratamento caseiro. Muito difícil tirar selfie de cotovelo, mas dá para ver que está descamando e a dermatite está começando a espalhar para o braço.
Durante o tratamento caseiro. A região irritada ficou só no cotovelo, não está espalhando mais. Mas ainda coça. Está brilhando porque eu passei a pomada vegana.
Funciona!
Receita pomada alternativa:

1 colher de sopa de manteiga de cacau (Theobroma cacao);
1 colher de sopa de óleo de coco (Cocos nucifera);
1 colher de sopa de camomila romana (Matricaria romana);
1 colher de sopa de azeite de oliva (Olea europaea L.).


Preparo: Misture a manteiga de cacau e o óleo de coco em um recipiente que irá ao banho maria. Misture a camomila desidratada ao óleo e manteiga, aguarde de 5 a 10 minutos até derreter todo o cacau. Coe e transfira para um recipiente. Adicione o azeite de oliva. Armazene em geladeira. Para ficar com aspecto de pomada coloque no freezer ou na parte mais frio da geladeira. A cera de abelha ou cera de candelilla dará aspecto mais duro e você não vai precisar de armazenar na geladeira. Pode colocar gotas de óleo essencial de hortelã pimenta para ajudar a conservar.









Improvise!


Adicionando o azeite de oliva.


Deixei na geladeira. Ficou com aspecto de pomada.

Chás de mulungu (Erythrina verna), camomila, capim cidreira (Cymbopogon citratus) e melissa (Melissa officinalissão bons calmantes, caso você esteja estressado. 

Maracujá (Passiflora edulis)  é calmante.
Tchau,

Carla