sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Brasil é 'campeão' em mau comportamento na aula

"Brasil é 'campeão' em mau comportamento na aula, indica pesquisa da OCDE."

Olá,

É muito sem graça ler uma notícia assim do Brasil. Mas as causas são bem óbvias:

1 - A luta dos professores e sociedades neste momento tinha que ser a redução da quantidade de alunos por sala. 

Salas lotadas
Salas muito cheias geram cansaço (voz, corpo e mente) e adoecem tanto alunos quanto professores. Greve é algo muito sério e cansativo para ficar como brincadeira anual. Repor aula é ruim. A pauta principal deveria ser a redução de alunos por sala. 

2 - A aulas e salas tinham que levar em consideração a individualidade desses alunos. 
Vocês misturam e juntam demais. Vira o caos. Mesmo que a criança e o adolescente tenha algum talento específico, no meio daquela bagunça não tem como desabrochar. Isso acaba gerando muito preconceito.

Quando trabalhava com Educação de Jovens e Adultos (EJA) os alunos tinham questionários sócio-econômicos para responder. E era engraçado ler o que eles escreviam, pois mentiam para não serem discriminados. Por exemplo, a maioria alegava serem católicos, mas nós sabíamos que a maioria eram praticantes de outras religiões. Nós professores não comentávamos nada, por gentileza e para evitar futuros problemas para eles. 

3 - Brasil ainda é muito violento. Pessoas tratadas com violência vão ter dificuldade para se concentrar e cumprir regras.


4 - Salas ambientadas ajudam a se ligar ao tema/disciplina.

Sala ambiente de Geografia.

Laboratório de Ciências não é lugar para passear e muito menos para bagunça. Todo laboratório precisa de um técnico responsável.

5 - Quando você tiver oportunidade, leia Casa Grande & Senzala. Os grupos étnicos tem comportamentos diferentes... um católico se comporta diferente de um mulçumano... uma japonesa tem comportamento diferente da brasileira...

Tchau,

Carla

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Hidratante Vegetariano Grupo Orgânica

Olá,

Devemos cuidar da nossa mente e do nosso corpo.

Além do banho diário, eu tenho outros cuidados com a pele.

As gatinhas tomam banho.

Tem dois produtos que eu gosto muito: hidratante corporal e bucha vegetal.

Durante o banho eu uso bucha vegetal para esfregar e lavar bem os pés. Após o banho, eu gosto de hidratar o meu corpo para a pele não ficar ressecado.

Hidratantes Monange.

Usava muito os hidratantes Monange. A Monange é não realiza testes em animais, mas usa ingredientes derivados do abate animal. Mas descobri uma marca de hidratantes vegetarianos nacional: Grupo Orgânica.

Eu estou usando um hidratante vegetal. Já alerto: não é vegano, pois tem mel.

Eu prefiro mel que glicerina animal.

São 250 mL de produto e tampa é do tipo disk top.
Tampa Disk top.




Ingredientes: Water; Mineral Oil; Glycerin; Cetearyl Alcohol; Carbomer; Peg-20 Cetearyl Alcohol; Cyclomethiconol; Dimethiconol; Phenoxyethanol; Methylchloroisothiazolinone; Methylisothiazolinone; Sodium Hidroxide; vegetable extracts; Triclosan; Tetrasodium Edta; Sodium Hidroxide; CI 19140; CI 16255; CI 42090; Fragrance.

Opinião: Eu não percebi o cheiro de vanilla (baunilha), só lavanda. Eu gosto, porque acalma. A hidratação é boa. É boa alternativa aos vegetarianos. Achei a embalagem resistente e a tampa disk top.

Muitos veganos não aceitam consumir produtos com derivados apícolas, pois alegam maus tratos as abelhas e morte em períodos em que não há muita produção, como o inverno. O maior produtor de mel atualmente é o Piauí. O maior problema da produção de mel no Brasil não é o inverno, é a chuva. A ECOCERT certifica quem usa derivados apícolas orgânicos.

Fica a seu critério, quanto a consumir ou não. 

Tudo de bom a todos ,

Carla

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Fazendo arte e o FIF

Olá,

Eu gosto muito de fotografia. Seja denunciando algo ou fazendo arte...

Eu não sou a mestra na fotografia, somente uma aprendiz. Na hora do clique, eu esqueço certas coisas, ou fico limitada devido a limitação de minha máquina... isto é, não tenho dinheiro.


Eu tirei  algumas fotos do eclipse da lua, mas esqueci que tinha que ser tudo do mesmo tamanho. ;-) 
Aprendiz é aprendiz.

Este mês está acontecendo o Festival Internacional de Fotografia, na verdade, as palestras e cursos já terminaram, mas até o final do mês dá para ver as exposições.

Elas estão no Palácio das Artes e no 104.

Algumas exposições são feitas em materiais diferentes, ou passam a impressão de 3D, eu fico com aquela vontade de tocar..... 

Viagem Pitoresca pelo Brasil, por Cássio Vasconcelos 

... toda vez que sinto essa vontade tem um segurança me bisbilhotando... muito chato.

... textura.... textura... textura....

As fotos de Paul Thulin lembram as visitas que fazia a casa de meu avô no interior. Lá tinha muitos vagalumes e histórias de monstros da noite.
As obras de Michel Le Belhomme estão lá.
Alguns gostam de fazer arte no museu, outros fazem a arte na rua...


Seja pobre ou rico, faça arte!

Tudo de bom a vocês,

Carla

domingo, 4 de outubro de 2015

Caso Gaia Molinari e mochileiras

Olá,

Quando eu viajei em janeiro deste ano, eu estranhei muito o comportamento dos meus familiares. Eles me ligam, mas não tanto. Eles ligaram muito mesmo.

Eu achei aquilo muito estranho.

Como em dezembro estava muito ocupada, eu fiquei sabendo do caso da turista italiana que morreu no Ceará, mas não associei, pois não havia prestado atenção.

Esses dias eu vi uma foto do corpo dela... Alguns jornais citaram que tinha um estilingue junto. Eu não acompanhei o noticiário na época e entendi que ela havia caído no chão e morreu... algo assim. Quando vi a foto, eu fui procurar saber mais. 

Gaia Molinari.
Cada jornal/site citam detalhes de forma distorcida, fica difícil para entender o que havia acontecido. Mas tudo dava a entender que havia sido a tal da amiga de quarto.

Mírian França.
Independente de quem praticou o crime, as mochileiras ficaram com a imagem um pouco negativa. Fica parecendo que somos loucas que viajamos sozinhas, dormimos com qualquer pessoa e somos usuárias de drogas.

As coisas não são assim.

Eu já viajei em grupo e foi horrível, não fiz as coisas que gostaria de ter feito, já tive de cuidar de bêbado, ficar debaixo de chuva, perder passeios, ... nunca mais.

Já dividi cama de casal com prima, tia, irmão, amigas de faculdade, cachorro, mochila, mala, etc. Mas em viagens de família e amigos próximos.

Eu acho estranho dividir cama de casal com uma pessoa que acabou de conhecer em uma viagem de mochileiro. Mas a Gaia me passou uma impressão muito positiva, pode ser que a Mírian tenha sentido isso também.


Eu achei muito luxuoso para alberguista, mas ela afirmou que era inicialmente uma viagem com a mãe. Para a família a gente sempre se esforça mais.

Quanto ao uso de drogas é algo muito individual (alegaram que Mírian usava maconha e skank). As bebidas alcoólicas também são um tipo de droga e dependendo da quantidade de uso podem alterar muito a percepção e memória.


Tenho colegas que ao ficarem bêbados falam idiomas nunca falados.  E no outro dia não se recordam de nada. Talvez seja por isso que ela tenha tido dificuldade para contar o que aconteceu.




Quando eu trabalhava como professora do EJA, alguns alunos usavam roupas de frio em épocas de muito calor. O uso de drogas como a maconha altera a percepção do ambiente.

Eu gosto de beber vinho, mas quando viajo evito álcool o máximo possível. Tenho receio de acontecer algo. Eu não uso outros tipos de drogas (exceto medicamentos).

Mírian apresentou comportamentos esquisitos. Ela foi detida como suspeita e não como criminosa. Achei que a imprensa e as pessoas distorceram muito.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Atualização

Foi uma prisão preventiva e não definitiva. A Mírian tinha condições de arcar com hospedagem e alimentação para ela durante o período que ela estivesse em Fortaleza (na investigação)? 

Acho que a delegada tentou usar aquilo que estava disponível como ferramenta.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Ela foi detida como suspeita de ter feito o quê? Eles contaram? Toma cuidado com a língua da imprensa. A imprensa não é a polícia.

As pessoas sempre ficam "imaginando coisas" com moças de boa aparência sozinhas. Mírian tem boa aparência... Gaia tinha boa aparência.

Mulher tem que ter atenção redobrada, viu?

Mochileiras são pessoas legais! Só queremos passear e fazer amizades...

Ele mora em uma ilha e gosta de nadar até os barcos para pedir comida. Paraty, RJ.

Itacaré, Bahia.

Itacaré, Bahia.

Um amigo gatinho. Itacaré, Bahia.


Tudo de bom a vocês,

Carla
_________________________________________________________________________________

Tem algumas notícias sobre Jericoacoara/Ceará, caso você acredite:

Cidade Encantada de Jericoacoara

Argentino desaparecido

Narcodialética: as diferentes formas de uso do crack



Morte motivada por RPG em Ouro Preto/MG

Morte de italiana completa quatro anos sem respostas

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Brasil ainda é muito racista. Então, eu me deparo com situações muito estranhas, às vezes, como pessoas me oferecendo homens ou me perguntando indiscretamente sobre a minha família e querendo muito detalhes. 

Talvez a Mírian só quis parecer um pouco mais civilizada na companhia da Gaia.

Eu percebo isso quando algumas pessoas me oferecem homens. Tinha uma colega de trabalha que sempre oferecia os sobrinhos dela, um deles morava na Europa.

Eu tive essa impressão. Os rapazes sofriam muito preconceito e precisavam se tornarem mais apresentáveis. Se as famílias se gostassem mais e a sociedade não fosse tão racista, não aconteceria essas distorções.