segunda-feira, 20 de abril de 2015

Cuidando dos brincos

Olá,

Tudo nessa vida passa.



A Gisele também passa... mas ela tem o charme e sedução da paradinha...

Vamos ficar com saudades dela e de suas amigas: Ana Claudia Michels, Fernanda Tavares, ...
Gisele aposentou das passarelas, mas eu e você não. 

Para você que não é tão: bonita, rica, alta, magra e influente... e ainda não tem aquele marido “gato”...

Agora eu me senti um gremlin...
Vamos falar sobre cuidados com a saúde e aparência.

Eu gosto muito de usar brincos.

A moça do brinco de pérola.

Empresas de grande porte costumam contratar e terceirizar serviços de outras empresas para baratear os custos.

Atualmente muitas empresas tem feito essa terceirização em empresas da China, Indonésia, Taiwan ou Índia.  

Eu ganhei um par de brincos da Rommanel.

A gente faz de tudo para se sentir mais bonita.



As revendedoras nunca sabem informar corretamente e sempre fica aquela dúvida: será que é bom?

Materiais feito com cobre, como as moedas de cinco centavos, se oxidam e escurecem. 

Moedas brasileiras.
Muitos brincos são feitos com esses materiais (latão), e escurecem.

Para evitar o escurecimento e aumentar a qualidade, muitas empresas "folheam" os seus brincos (bijuterias).

Na galvanização, o latão é revestido com um película de metal nobre, evitando o escurecimento da peça.
O ato de folhear com ouro ou prata é chamado de galvanização. Ele permite um revestimento garantindo uma maior proteção desse brinco, evitando sua oxidação (escurecimento).

O escurecimento não é devido a presença de metais tóxicos.

Esse revestimento (folheado) não faz a qualidade subir a um nível de um brinco de ouro ou prata. Então, você deverá tomar alguns cuidados, como: não tomar banho com eles, usar perfumes ou loções neles.


Eu estou usando em todos os meus brincos (bijuterias). Não sou alérgica a bijuteria, mas assim evito outros problemas.

Mesmo que o brinco não seja importado, seja artesanal como os brincos da Feira Hippie, os materiais usados podem ser importados. 


Eu uso brincos de feiras alternativas.
Para saber se um metal de um brinco está contaminado tem que fazer alguns testes em laboratórios. 

Como isso não é possível, fica dica: Suspeite de material muito barato. O que é barato demais, um dia pode sair muito caro.

Espero ter ajudado,

Tchau,

Carla