segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Rescue - Florais de Bach Originais

Olá,

Eu sou muito ansiosa. Para ajudar a controlar essa ansiedade, recomendaram que eu tomasse floral chamado Rescue. Sempre comprava na farmácia Chamomilla.

Há algum tempo, quando fui comprar meu floral de Bach Rescue manipulado, a funcionária da farmácia me recomendou a usar o Rescue da marca Florais de Bach Originais. Ela alegou que o floral Bach Originais é "concentrado” e seria usado na própria farmácia como base para fazer o floral manipulado. É importado pela empresa Monas.

Foi mais caro, mas é a segunda vez que compro e tem me ajudado. Existe em duas versões comerciais: 10 e 20 mL. Tem outros tipos para o público infantil, um para dormir e outros.

Gotejo quatro gotas em um copo com água e bebo. Costumo usar na garrafa com água também. Pode gotejar direto na língua, mas eu não gosto (sempre encosta na língua).


Está escrito na embalagem:

Direção: 4 gotas em água mineral, beber em pequenos intervalos ou 4 gotas direto na língua. Alternativamente pode se diluir 4 gotas em um vidro de 30 mL completar com água mineral, tomar 4 gotas no mínimo 4 vezes ao dia.”
Ingredientes: Extratos de: Rock Rose, Impatiens, Clematis, Star of Bethlehem e Cherry Plum, diluídos em solução alcoólica de uva.”
Livre de aditivos artificiais, adequado para vegetarianos.”

Os Florais Originais descobertos por Dr. Bach nos anos 30.”
Ajudam você a se equilibrar e suportar os altos e baixos da vida.”
Dá assistência para o resgate da visão mais positiva quando necessitamos de conforto e suporte nas adversidades.”
Promove suporte em tempos de fortes exigência emocionais tais como: teste para motorista, entrevista para emprego, provas escolares, medo de voar ou quando simplesmente precisamos de uma pequena ajuda.”
Indicado para toda a família.”


No Entre Folhas, presente na Universidade Federal de Viçosa, há curso de plantas medicinais, homeopatias e florais.

A farmácia Chamomilla fica na região central de Belo Horizonte, distante da região onde eu resido. Quando eu vou lá, aproveito para fazer outras coisas também.

Como é período de muito calor, ar seco e sensação térmica elevada; eu decidi participar da Campanha Outubro Rosa do SESC/MG. A campanha serve para alertar as mulheres sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama, um dos tumores que mais mata no mundo.

Doei meu cabelo e ganhei um panfleto, camisa e um adesivo.

Além disso, foram feitas campanhas de incentivo a doação de cabelos que vão até dia 28 de outubro de 2014 (todos os tipos de cabelos tratados com química ou não podem ser doados). Eu doei os meus fios, ganhei uma camisa e adesivo para colar no carro. Pediram para eu raspar os cabelos, mas achei que a mudança seria muito forte para uma pessoa que lida com público adolescente (eles começaram a bater palmas quando me viram com os cabelos curtos e usando a camisa da campanha). Foi um alvoroço!

Aproximadamente 30 cm de cabelo doado. Saí do time da Rapunzel.

Aproveitei e fui ao museu Inimá de Paula ver a exposição de fotografias chamada Êxodos de Sebastião Salgado. É tudo muito bonito, real e triste. Lembrei-me do período em que era estudante universitária e pude trabalhar a educação ambiental com o MST de Tumiritinga/MG.




Eu, outros estudantes e orientadores chegávamos em uma Kombi na cidade. Tínhamos sempre que fazer pesquisar e olhar as plantações, voçorocas... e quando chegávamos a chuva caia. 


Voçoroca.

Uma vez me atrapalhou muito, pois precisava coletar plantas para identificação no herbário da universidade, isto fazia parte da minha monografia. Mas é complicado em uma região seca, você reclamar diante da felicidade alheia. Eles ficavam com as caras felizes e eu ficava com cara de raiva.


Ai, que raiva!
Espero ter ajudado,

Abraços,

Carla